Reprodução

Powered by WP Bannerize


VÍDEO: Renato Cariani explica em vídeo prints sobre “fugir da polícia” e se defende de acusações da PF

Terra Brasil Notícias

O empresário, fisiculturista e influenciador fitness Renato Cariani divulgou um vídeo nesta quinta-feira (14) para esclarecer as mensagens trocadas com a sócia Roseli Dorth, citadas no inquérito do Ministério Público que envolve a empresa de ambos, a Anidrol Produtos para Laboratórios Ltda., e outros aspectos da investigação conduzida pela Polícia Federal sobre a suspeita de emissão de notas falsas e desvio de produtos utilizados para refino e adulteração de cocaína.

Cariani afirmou que teve acesso ao processo somente na quarta-feira (13) e optou por abordar o assunto neste momento.

Segundo o influenciador, grandes multinacionais entraram em contato com ele, preocupadas com questões de compliance relacionadas à sua empresa, a Anidrol Produtos para Laboratórios.

O primeiro ponto abordado por Cariani foram prints de conversas entre ele e uma sócia em 2014, levantando a possibilidade de uma eventual fuga. De acordo com a narrativa do influenciador, um trecho da conversa teria mencionado: “Graças a Deus essa semana é curta, poderemos trabalhar no feriado para arrumar de vez e fugir da polícia.”

“Eu preciso preparar minha defesa. Existe toda essa repercussão da mídia, mas existe minha lisura também. Eu não posso sabotar a minha defesa, porque corre em segredo de Justiça. Por isso tive que expor todas as mensagens da mídia, porque não sou eu explanando o que corre em segredo”, afirmou o influenciador, usando reportagens jornalísticas como base para refutar as acusações.

Conforme a PF, entre 2014 e 2020, foram desviadas 12 toneladas de produtos químicos, incluindo fenacetina, acetona, éter etílico, ácido clorídrico, manitol e acetato de etila, com valor total avaliado em R$ 6 milhões. A investigação alega que essa quantidade de produtos seria suficiente para produzir 19 toneladas de cocaína e crack, abastecendo o mercado interno brasileiro por meio de organizações criminosas.

O influenciador fitness Renato Cariani foi alvo da Polícia Federal (PF) em uma operação que tinha como objetivo reprimir e desarticular uma organização criminosa responsável pelo desvio de produtos químicos utilizados na produção de drogas. As equipes cumpriram mandados de busca e apreensão na manhã da última terça-feira (12/12), na Anidrol, indústria química na Grande São Paulo que tem Cariani como sócio. A ação, batizada de Operação Hinsberg, contou com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de São Paulo (MPSP) e da Receita Federal.

Eis o vídeo de Renato Cariani:

Fonte: www.terrabrasilnoticias.com


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário