Secom-MT

Powered by WP Bannerize


Governador vence mais uma etapa para que MT possa vender créditos por preservação

Lucas Rodrigues/Secom-MT

governador Mauro Mendes avançou mais uma etapa para que Mato Grosso possa vender créditos de carbono obtidos com a redução do desmatamento ilegal.

Nesta sexta-feira (08.12), ele se reuniu com a diretora executiva da Art Trees, Mary Grade. A Art Trees é o principal padrão de certificação mundial de créditos de carbono.

Na reunião, Mauro entregou a carta conceito de Mato Grosso, documento que mostra a aptidão do estado para a venda desses créditos, que podem chegar a bilhões de dólares.

“O que precisamos agora é fazer esse processo andar mais rápido. Vamos ser mais ágeis, para tornar isso efetivo. Vou dar prioridade nessa ação e monitorar de perto”, afirmou.

A diretora-executiva da certificadora ressaltou que a carta é “um passo muito importante” para obter as certidões.

“Começamos a falar com o Governo de Mato Grosso e estou muito feliz de receber essa documentação. Temos muito interesse em prosseguir com todas as etapas necessárias”, informou Mary Grade

O secretário-executivo da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Alex Marega, explicou que o próximo passo é levantar toda a documentação técnica exigida para obter a certificação.

“A partir do momento que essa certificação for creditada, ou seja, esse padrão reconhecer que as nossas reduções de desmatamento e de degradação por incêndios são reais e verificáveis, abrimos caminho para a captação de recursos para o estado de Mato Grosso na ordem de bilhões de dólares”, registrou.

O mercado de carbono funciona com a venda de créditos excedentes de redução de emissões de gases do efeito estufa (GEE).

Assim, empresas, países, Estados que ultrapassam a meta de redução das emissões de carbono podem vender esse excedente.

Fonte: www.secom.mt.gov.br


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário