Divulgação

Powered by WP Bannerize


Irmão de Eduardo Costa relata terror após ter casa invadida: “Psicologicamente abalados”

Movimento Country

A família do cantor sertanejo Eduardo Costa viveu momentos de terror nesta semana. Welinton Costa, irmão do artista, e sua mãe foram vítimas de um assalto em sua residência na região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. O incidente, que ocorreu na última segunda-feira, dia 27, deixou a família extremamente abalada, conforme relatado por Welinton em uma entrevista à TV Globo.

Welinton Costa descreveu o choque ao entrar em seu quarto e encontrar tudo revirado, um claro sinal de que algo estava errado. O desaparecimento de uma moto, que seria sorteada, confirmou suas suspeitas de roubo. Ele, sua mãe e uma tia estavam na casa no momento do assalto, mas não perceberam a invasão, pois estavam na parte de trás da residência.

O irmão do cantor sertanejo Eduardo Costa expressou um misto de tristeza e alívio, agradecendo por estarem todos vivos e com saúde, apesar do trauma psicológico causado pelo incidente. “Sinto que as pessoas entraram na minha casa com intenção de até tirar minha vida, se fosse preciso, para levar esses bens materiais“, disse ele, evidenciando o medo e a vulnerabilidade sentidos durante o assalto.

Este assalto à família de Eduardo Costa é um lembrete sombrio da insegurança que muitos enfrentam em suas próprias casas. A experiência traumática vivida por Welinton Costa e sua família ressalta a importância de medidas de segurança e a necessidade de apoio psicológico após tais eventos. Enquanto a família se recupera do choque, a comunidade e os fãs oferecem seu apoio e solidariedade.

Assim que deparou com o roubo, Weliton acionou a polícia e registrou um boletim de ocorrência. Até o momento, não há informações sobre os suspeitos. As autoridades estão realizando buscas na região para tentar localizar os responsáveis pelo crime, e o caso está sendo investigado.

Nas redes sociais, Welliton Costa fez um desabafo e solicitou a ajuda de seus seguidores para acionarem a polícia caso tenham informações sobre os veículos roubados: “Se vocês puderem me ajudar, ajudarem a compartilhar. A gente batalha para conseguir as coisas e ajudar as pessoas”.

“Eu não sei se estou triste ou aliviado por saber que estou vivo. Sinto que as pessoas entraram na minha casa com a intenção de tirar a minha vida para poder levar esses bens”, desabafou.

Eduardo Costa e sua mãe, Maria Raimunda, ainda não se pronunciaram sobre o crime.

Fonte: www.movimentocountry.com


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário