Pexels

Powered by WP Bannerize


Observatório da Discriminação Racial no Futebol e CBF publicam Relatório referente à temporada 2022

Assessoria CBF

A nona edição do Relatório da Discriminação Racial no Futebol, com dados correspondentes ao ano de 2022, já está disponível para consulta. Pelo segundo ano consecutivo, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apoia o Observatório da Discriminação Racial no Futebol no desenvolvimento da publicação.

Com a marca negativa de 233 casos de racismo, o Relatório demonstra um aumento de 50% na comparação ao ano de 2021. Para Marcelo Carvalho, diretor do Observatório da Discriminação Racial no Futebol, apesar do salto expressivo, este número deve ser entendido sob um contexto mais amplo.

“Não é simplesmente um aumento de casos. É um aumento das denúncias, que se dá muito porque estamos vendo diversas iniciativas de conscientização e educação sendo realizadas pela CBF e por diversas outras entidades esportivas. Isso faz com que as pessoas entendam e reconheçam o que é racismo e outras formas de discriminação, fazendo com que elas tenham coragem de denunciar. Este é um ponto que devemos refletir em relação ao relatório. O aumento de denúncias não se dá apenas pelo da violência, mas pela conscientização e postura de enfrentamento neste movimento iniciado pelo Observatório e ao qual a CBF se juntou no ano passado, servindo de referência para outros clubes e entidades”, explicou Carvalho.

O Presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, e Marcelo Carvalho, estarão juntos no estádio do Maracanã para oficializar o lançamento do relatório e assistir ao confronto entre Brasil e Argentina.

Confira o conteúdo do Relatório da Discriminação Racial no Futebol 2022

https://observatorioracialfutebol.com.br/Relatorios/2022/RELATORIO_DISCRIMINACAO_RACIAL_2022.pdf

Fonte: www.cbf.com.br


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário