Mayke Toscano/Secom-MT

Powered by WP Bannerize


Estudante da zona rural que fez intercâmbio na Inglaterra vai fazer o Enem e pretende cursar agronomia

Pollyana Araújo/Secom-MT

O intercâmbio custeado pelo Governo de Mato Grosso a 100 estudantes da rede estadual motivou Wagner Maciel da Gama, de 16 anos, que mora na Comunidade de Vãozinho, em Porto Estrela, a 190 km de Cuiabá, a investir mais nos estudos e a fazer uma faculdade. Mais novo de nove irmãos, o estudante viajou para a Inglaterra, em agosto deste ano, pelo Programa de Intercâmbio MT no Mundo, da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), e, no próximo mês, vai fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Eu penso em estudar muito ainda para ter um futuro bom. Vou fazer o Enem e espero conseguir nota suficiente para cursar agronomia”, afirmou o aluno do 3º ano. Todos os dias, ele percorre 60 km de estrada de chão, de ida e volta, para frequentar a Escola Estadual Regina Tenório de Oliveira, localizada na área urbana de Porto Estrela.

Wagner ainda não tinha ido nem a Cuiabá e, com essa oportunidade, cruzou o Oceano para fazer o intercâmbio de inglês, que teve a duração de 21 dias, com todas as despesas cobertas pelo Estado.

Ele pretende fazer agronomia para continuar no campo, assim como os irmãos, que trabalham como operadores de máquinas. Dos oito irmãos, ele deve ser o segundo a cursar o ensino superior.

A bolsa de intercâmbio foi conquistada depois dele ter sido um dos primeiros alunos do Programa Mais Inglês a obterem o certificado de conclusão do curso oferecido pelo Governo do Estado, com o objetivo de aperfeiçoar e potencializar o ensino da língua inglesa na rede pública estadual.

Outro estudante beneficiado com os estudos fora do país e que já voltou para casa com uma bagagem cultural foi Robson de Souza Robles, da Escola Estadual Alfredo José da Silva, em Barra do Bugres.

“Ir para outro país foi algo muito inusitado para todo mundo. Todo mundo ficou muito alegre, muito feliz por estar lá”, declarou.

A professora Lizie Navarro, que é embaixadora de línguas e acompanhou os alunos na viagem, afirmou que a experiência pode ser considerada única para os alunos praticarem o inglês ensinado nas escolas e ter acesso a outras culturas.

“A oportunidade de você, enquanto estudante de idioma, praticar esse idioma in loco, aprendendo com a cultura, aprendendo com falantes, estando com acesso a diferentes sotaques, é único”, pontuou.

Essa foi a primeira vez que estudantes da rede pública de Mato Grosso tiveram a oportunidade de fazer um intercâmbio fora do país, com investimentos realizados por meio do Governo do Estado.

“Esse programa incentiva os alunos a acreditarem em si, acreditarem no seu potencial, no seu talento. É preciso se esforçar, porque, se esforçar, vai melhorar o seu desempenho escolar e, mesmo que não vá no programa, pode acreditar que a vida vai melhorar a partir desse esforço”, afirmou o governador Mauro Mendes.

Enem 2023

O Enem será aplicado nos dias 5 e 12 de novembro deste ano, sendo que no primeiro dia serão as provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação e, no segundo dia, de Matemática e Ciências da Natureza.

São 45 questões de quatro áreas do conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias. Em cada uma delas são feitas 25% de questões de grau fácil, 50% de questões de grau médio e 25% de questões de grau difícil. Também tem a redação, que representa 20% da nota.

Fonte: www.secom.mt.gov.br


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário