Reprodução/Internet

Powered by WP Bannerize


Presidente da CBF cumpre extensa agenda de compromissos no Rio e em Brasília

CBF

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Ednaldo Rodrigues, cumpre uma extensa agenda a partir desta sexta-feira (30/06), no Rio de Janeiro e em Brasília, que incluem pautas relevantes que abrem novos caminhos no desenvolvimento do futebol e no combate ao racismo e a violência nos estádios, além de compromissos com a Seleção Brasileira Feminina.

Na sexta-feira, na sede da CBF, o presidente conduz a reunião de diretoria para tratar de assuntos diversos relacionados à entidade, entre eles o detalhamento e a aprovação da redação final do contrato, entre  a FIFA e a CBF, que prevê investimentos por meio de objetivos de desenvolvimento a serem alcançados pelo FIFA Foward, referentes ao ciclo 2023-2026. Entre as ações que fazem parte do Contrato de Objetivos Acordados (CAO) estão a organização de Campeonatos Estaduais Femininos nas categorias Sub-15 e Sub-17; Campeonatos Sub-15 e Sub-23 masculinos, além da ampliação da Granja Comary com o objetivo de aprimorar as condições de preparação das seleções brasileiras e oferecer ainda melhores condições de atendimento.

No sábado (01/07) , Ednaldo Rodrigues irá acompanhar o treino da Seleção Brasileira Feminina e, no domingo, vai assistir o amistoso do Brasil contra o Chile, o último antes da partida da seleção e da comissão técnica para o Mundial da Austrália e Nova Zelândia. O foco da nova gestão e do próprio presidente da CBF é de total atenção e ainda mais valorização do futebol feminino no Brasil. O dirigente terá ainda um encontro com o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF), Daniel Vasconcelos.

Na segunda-feira (03/07), Rodrigues participará da assinatura de um acordo de cooperação técnica entre a CBF e o Ministério da Justiça, que prevê a implementação de políticas de segurança pública nos estádios do país. A solenidade contará com a presença do ministro da Justiça, Flávio Dino. O projeto, denominado  “Estádio Seguro”, tem como objetivo dotar os sistemas mais avançados de controle de públicos nas arenas do país e será um importante aliado no combate a atos criminosos de racismo e todo o tipo de desigualdade, disfarçados em meio aos torcedores. As 27 Federações e os clubes também foram convidados para participar do programa. A meta é que o “Estádio Seguro” entre em operação ainda este ano em jogos das Séries A e B do Campeonato Brasileiro.

Um projeto-piloto já está em testes  no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, desde o final do ano passado . A tecnologia identifica torcedores com mandados em aberto ou com alguma restrição judicial. Um  dispositivo é acionado no momento da leitura do ingresso e, caso o sistema identifique um torcedor com restrições, a catraca eletrônica é imediatamente bloqueada.

“Desde que assumi a CBF, um dos principais pilares da minha gestão é com a transparência e a igualdade no futebol. A CBF jamais irá fechar os olhos diante de atos violentos que precisam cessar. Trabalhamos por um bem maior, que é o fim da violência e da discriminação. O futebol é um espetáculo  inclusivo, é para todos e não podemos tolerar que esse tipo de crime siga impune. Na CBF, nossa luta começa dentro da casa do futebol brasileiro, com cláusulas antidiscriminação, anti assédio e pela igualdade. Nossa entidade é hoje reconhecida em todo o mundo pelas ações efetivas que estamos implementando, com muita luta, no combate a todos os crimes que maculam o futebol. As punições desportivas, a criação de um grupo de trabalho para levantar propostas efetivas no combate ao racismo e à violência são alguns dos exemplos. E agora, com a parceria do Governo Federal, a partir da assinatura deste convênio, abrimos o caminho para importantes avanços na direção do nosso principal objetivo, que é o fim do racismo e da violência nos estádios de todo o país”, assinalou Ednaldo Rodrigues.

Fonte: CBF


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário