Reprodução Facebook

Powered by WP Bannerize


Brasil recebe Porto Rico e pode garantir vaga no Mundial de basquete

Agência Brasil

A seleção brasileira masculina pode carimbar na noite desta quinta-feira (23) o passaporte para a Copa do Mundo de Basquete 2023, competição que garante vagas à Olimpíada de Paris no ano que vem. O país enfrenta Porto Rico, às 19h30 (horário de Brasília), no Ginásio Arnão, em Santa Cruz do Sul (RS), no primeiro dos dois jogos da última janela das eliminatórias para o Mundial. O outro será contra os Estados Unidos, no próximo domingo (26), às 21h10, no mesmo local. A vitória em qualquer um dos confrontos assegura a ida do Brasil ao Mundial. 

Os três primeiros colocados na última janela das eliminatórias se classificam para a Copa do Mundo, programada para começar em 25 de agosto na Indonésia, Japão e Filipinas. O Brasil é o atual segundo colocado do Grupo F das eliminatórias, atrás apenas dos Estados Unidos (veja  classificação abaixo). Se ganhar os dois confrontos em Santa Cruz do Sul, a seleção termina na liderança do Grupo F e levará vantagem no sorteio das chaves do Mundial.

Para Gustavo De Conti, técnico da seleção, o apoio da torcida será um incentivo a mais para a equipe conquistar a tão sonhada classificação.

“A equipe ganhou uma nova mentalidade após a Copa América, em setembro. Ali tivemos 22 dias de preparação, e os jogadores conseguiram entender a dinâmica. Fomos crescendo, chegamos ao vice-campeonato e na última janela, em novembro, fizemos dois grandes jogos contra EUA e México. Queremos seguir essa evolução, fomos muito bem recebidos em Santa Cruz do Sul e queremos devolver esse carinho”, avaliou De Conti.

O treinador convocou 15 jogadores para a última janela das Eliminatórias. O grupo reúne desde atletas experientes que já competiram nos Jogos de Londres 2012 e Rio 2016 (Vitor Benite, Marcelinho Huertas e Rafael Hettsheimeir), como jogadores mais jovens como Yago Mateus, Georginho e Gui Santos.

A escalação para o embate contra Porto Rico, com 12 jogadores,  será definida por De Conti momentos antes da partida. E quem não vê a hora do jogo começar é o ala/pivô Bruno Caboclo.

“Nosso time está confiante, treinando bem, se conhecendo cada vez melhor. E com vários atletas vivendo grande momento em seus clubes. Queremos muito essa vaga no Mundial para depois pensar na melhor preparação possível em busca da Olimpíada e medalha”, projeta o atleta que joga atualmente no clube alemão Ratiopharm Ulm.

Classificação do Grupo F das Eliminatórias

1º – Estados Unidos – 8 vitórias – 2 derrotas

2º – Brasil – 7 vitórias – 3 derrotas

3º – Porto Rico – 6 vitórias – 4 derrotas

4º – México – 6 vitórias – 4 derrotas

5º – Uruguai – 5 vitórias – 5 derrotas

6º – Colômbia – 3 vitórias – 7 derrotas

Convocados da seleção brasileira

Armadores

Marcelinho Huertas – Tenerife-ESP
Yago dos Santos – Ratiopharm Ulm-ALE
Elinho Corazza – São Paulo

Alas/Armadores

George de Paula – SESI Franca
Vitor Benite – Gran Canaria-ESP
Gui Deodato – Flamengo

Alas

Léo Meindl – U-Banca-ROM
Guilherme Santos – Santa Cruz Warriors-EUA

Alas/pivôs

Gabriel Jaú – Flamengo
Wesley Castro – 123 Minas
Márcio Santos – SESI Franca
Bruno Caboclo – Ratiopharm Ulm-ALE
Rafael Mineiro – Flamengo

Pivôs

Rafael Hettsheimeir – Flamengo
Lucas Mariano – SESI Franca

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: Agência Brasil


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário