César Greco/Palmeiras

Powered by WP Bannerize


Abel entrou em ação. E disse ‘não’ à saída de Giovani. Quer o jovem meia/atacante pelo menos até o fim de 2023. Palmeiras concorda

ESPORTES R7

“Aí, não…”

Essas duas palavras expressaram tudo o que Abel Ferreira tinha a falar para o gerente Adilson Barros.

O assunto, Giovani.

O técnico soube do interesse real do Barcelona, e o renascido do Ajax, no jovem meia/atacante do Palmeiras.

Ele em 19 anos e, ao contrário de Endrick, com apenas 16 anos, pode sair imediatamente do Brasil para a Europa. Já é maior e responsável, perante a legislação brasileira.

Daí se for vendido, o clube comprador pode exigir a ‘entrega’ em julho, após a final da atual temporada europeia. E antes do início da próxima. Já vendido, Endrick só irá para o Real Madrid em julho de 2024.

Sua multa rescisória é de 80 milhões de euros, cerca de R$ 443 milhões, maior do que era a do próprio Endrick, 60 milhões de euros.

Abel Ferreira não gosta de tomar à frente, falar quem vender ou comprar. Ou quem deve permanecer. Mas quando consultado, não se exime de falar para o gerente Adilson Barros. Ou até para a presidente Leila Pereira.

E o treinador português, que não ganhou reposição para as saídas de Danilo e Gustavo Scarpa, não quer a saída imediata de Giovani.

Foi claro.

E sua opinião é cada vez mais relevante para Leila Pereira, que no final decide.

Uma possível proposta do Barcelona, chegando a 30 milhões de euros, cerca de R$ 167 milhões, por Giovanni, não entusiasma tanto assim a cúpula palmeirense.

Abel Ferreira acredita que se ele ficar e terminar a temporada, estará valendo muito mais ao final deste ano.

O estafe de Giovanni, ao contrário das pessoas que trabalham com Endrick, também tem a mesma opinião de Abel.

Até porque 2022 foi considerado um ano perdido para o garoto.

Ele teve uma série contusão no tornozelo direito, que exigiu uma delicada cirurgia. Depois, duas lesões graves musculares.  O ano foi desperdiçado. Tanto que os clubes europeus desistiram de fazer propostas por ele, como a direção palmeirense esperava.

O atleta voltou muito bem.

E Abel Ferreira está entusiasmado.

Quer lapidá-lo e seguir com ele, pelo menos, até o final de 2023.

Se Barcelona e Ajax não fizerem qualquer loucura, oferecendo, por exemplo, 50 milhões de euros, cerca de R$ 278 milhões, Giovani seguirá no clube.

Para alívio de Abel Ferreira…

Fonte: ESPORTES R7


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário