SECON-MT

Powered by WP Bannerize


Classe artística foi acolhida por Governo de Mato Grosso, afirma professor em podcast

http://www.mt.gov.br

“Mesmo com toda a dificuldade do período de pandemia, Mauro Mendes foi o governador que mais acolheu a classe artística e teve seus olhos voltados para o setor. Pagando, por exemplo, todos os editais de cultura religiosamente, e tornando-se referência ao ser o estado que mais executou a Lei Aldir Blanc”, afirmou o professor de teatro Flávio Ferreira, em entrevista ao podcast “Conecta Jovem”.

Durante o episódio que foi ao ar nesta quinta-feira (19.01), Ferreira também destacou que a parceria firmada entre a Associação Cultural Cena Onze, a Unemat e Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) fundou a primeira faculdade pública tecnológica em Teatro de Mato Grosso. “Hoje, temos uma faculdade de teatro graças a esse olhar político e sério que o Governo do Estado possui com a classe cultural. Tem aluno que sai da graduação e já vai para o mestrado, doutorado. Artistas de Mato Grosso têm se especializado e se destacado no cenário nacional”, disse.

O ator mato-grossense Romeo Benedicto, que interpretou o Anacleto no remake de “Pantanal” e é muito conhecido em MT pelo seu personagem Totó Bodega, falou sobre a importância de reforçar a identidade do estado em todo o Brasil. “Em matéria de atuação e direção, Mato Grosso não deixa nada a desejar. No meu trabalho, na novela das 21h, quis manter a nossa prosódia e linguajar para que as pessoas conheçam ainda mais o nosso estado e para que os jovens artistas daqui possam ter esperança e acreditar que a gente também pode chegar lá”, comentou.

O episódio completo do podcast “Conecta Jovem” pode ser conferido nas plataformas do Governo de Estado, no Youtube e no Spotify.

Fonte: http://www.mt.gov.br



O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário