reprodução arquivo / Twitter

Powered by WP Bannerize


Lula nomeia assessor ligado ao escândalo de caseiro que denunciou caso de corrupção de Palocci

www.terrabrasilnoticias.com

O Palácio do Planalto nomeou para o gabinete de Lula nesta terça-feira (17) Jeter Ribeiro de Souza, ligado ao escândalo que levou à queda de Antonio Palocci do Ministério da Fazenda em 2006, pouco depois da eclosão do mensalão, registra a Folha.

Jeter acessou e imprimiu uma cópia do extrato do caseiro Francenildo Costa, quebrando ilegalmente o seu sigilo bancário. Francenildo havia afirmado que o ministro da Fazenda frequentava uma casa em Brasília onde haveria festas e distribuição de propinas.

O extrato do caseiro, que mostrava transferências de R$ 25 mil para sua conta, foi vazado para a revista Época. Francenildo disse que o dinheiro havia sido doado por seu pai, que confirmou a versão. O episódio fez Palocci cair, em março de 2006.

Alvo de processo interno, Jeter foi absolvido porque a comissão de ética da Caixa concluiu que ele só cumpriu ordens de um superior hierárquico —o então presidente do banco estatal, Jorge Mattoso. O assessor chegou a ser ouvido pela PF, mas não fez parte do processo. Na época, alegou que não podia se negar a cumprir a ordem e que havia mantido as informações no banco.

Como assessor do gabinete de Lula, Jeter receberá R$ 10.373,30. Sua nomeação, assinada por Rui Costa, saiu no Diário Oficial desta terça.

O Antagonista

Fonte: www.terrabrasilnoticias.com



O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário