carlos@esporteenegocio.com.br

Powered by WP Bannerize


Seleção Brasileira Feminina de Rugby Sevens inicia temporada 2022-23 na elite mundial

www.esporteenegocio.com.br

As Yaras encaram o Dubai Sevens, a primeira etapa feminina da temporada 2022-23 do Circuito Mundial de Rugby Sevens (World Rugby Sevens Series) nessa sexta (02/12) e sábado (03/12), com transmissão ao vivo do Star+. Circuito vale vaga em Paris 2024
Foto: Capitães do torneio – World Rugby
A Seleção Brasileira Feminina de Rugby Sevens está nos Emirados Árabes Unidos para a disputa da primeira etapa da temporada do Circuito Mundial de Rugby Sevens. O Brasil caiu no Grupo B, ao lado de três potências do esporte: Nova Zelândia (atual medalhista de ouro dos Jogos Olímpicos), França (medalhista de prata) e Grã-Bretanha. O torneio conta com 12 times, divididos em 3 grupos de 4 equipes cada, dos quais avançam às quartas de final os 2 primeiros colocados e os 2 melhores 3ºs colocados. No Grupo A estão Austrália (atual campeã mundial), Estados Unidos, Canadá e a convidada China, enquanto no Grupo C se encaram Fiji (medalhista de bronze em Tóquio), Irlanda, Espanha e o recém promovido Japão.

Após terminar a temporada passada em 10º lugar, o Brasil busca subir mais um degrau na competição, de olho em se firmar no Top 10 do mundo e seguir crescendo dentro dele. O treinador do time brasileiro, Will Broderick, ex jogador da seleção masculina, convocou 13 atletas para o torneio, oriundas de clubes de nada menos que seis estados diferentes (5 de São Paulo, 3 do Rio de Janeiro, 2 do Piauí, 1 do Mato Grosso, 1 do Paraná e 1 do Rio Grande do Sul). A capitã desta vez será Marina “Tchoba” Fioravanti, do Band Saracens, da capital paulista e o elenco tem um núcleo de atletas experientes, com nada menos que 8 atletas olímpicas: Luiza (única com dois Jogos Olímpicos disputados), Bianca, Mari Nicolau, Leila, Rafa Zanellato (que retorna de lesão) e as irmãs gêmeas Thalia (artilheira da seleção na temporada passada) e Thalita (que retorna ao time), além Marina. No entanto, o trabalho de renovação está em curso, com Gisele sendo a debutante da vez.

“Nossa preparação é baseada em três pilares: aumentar o número de atletas capazes de jogarem no alto nível; aumentar o nível da preparação física; e mostrar um rugby diferente”, comentou Will. “Sentimos que as oponentes estão cada vez mais nos estudando e preocupadas com nossa evolução com a bola em mãos, pois conseguimos cada vez mais deixar a bola viva e levar perigo”, analisou o treinador das Yaras. Sobre o grupo, Will afirmou que “não estamos tão preocupados com as oponentes, pois queremos nos focar na nossa preparação. Nossos treinos se baseiam em situações de competição e estamos evoluindo na nossa intensidade, na nossa capacidade de lutar contra a fadiga e em manter o mesmo nível ao longo de todas as partidas. Nossa disputa de bola no chão evoluiu muito e agora queremos avançar na disputa da bola no ar”.

O torneio de Dubai será seguido no fim de semana seguinte pela segunda etapa, na Cidade do Cabo, África do Sul.

Yaras na primeira divisão mundial

O Brasil está entre as 11 seleções da 1ª divisão mundial, garantido em todas as 7 etapas da temporada. Cada etapa conta com 12 seleções (as 11 seleções da elite e 1 convidada) e, ao final das 7 etapas, as 4 primeiras colocadas garantirão classificação para os Jogos Olímpicos de 2024, ao passo que a última colocada será rebaixada. Quem não se classificar a Paris 2024 pelo Circuito ainda terá chance de ir aos Jogos Olímpicos por meio dos torneios pré-olímpicos regionais.

Todos os torneios contam também com competição masculina. Dubai será a segunda etapa do Circuito Masculino e terá no Grupo A Austrália (atual campeã), África do Sul, Grã-Bretanha e Quênia; no Grupo B, Fiji, Argentina, Nova Zelândia e Uruguai; no Grupo C, França, Irlanda, Espanha e a convidada Uganda; e no Grupo D Samoa, Estados Unidos, Canadá e Japão. O Brasil está garantido na segunda divisão masculina e em breve terá seu calendário.

Circuito Mundial de Rugby Sevens (World Rugby Sevens Series)

Dubai – 1a etapa feminina, temporada 2022-23

Grupo A: Austrália, EUA, 🇨🇦Canadá e China

Grupo B: França, Nova Zelândia, Grã-Bretanha e Brasil

Grupo C: Fiji, Irlanda, Espanha e Japão

*Horário de Brasília

Sexta, dia 02/12

02h44 – Brasil x França

06h49 – Brasil x Nova Zelândia

09h57 – Brasil x Grã-Bretanha

Sábado, dia 03/02

Quartas de final – 02h00 às 03h30

Semifinais de 9º lugar – 03h28 às 04h10

Semifinais de 5º lugar – 05h46 às 06h30

Decisão de 9º e 12º lugar – 07h00 às 08h44

Semifinais de Ouro – 10h10 às 10h00

Finais (7º, 5º, 3º e Final) – 08h44 às 12h20

Convocadas

Mariana Nicolau (São José, SP)
Luiza Campos (Charrua, RS)
Rafaela Zanellato (Curitiba, PR)
Leila Silva (Leoas de Paraisópolis, SP)
Thalia Costa (Delta, PI)
Isadora Lopes (Melina, MT)
Gisele Gomes (SPAC, SP)
Marina Fioravanti (Band Saracens, SP) (capitã)
Camilla Isis Carvalho (El Shaddai, RJ)
Andressa Alves (El Shaddai, RJ)
Bianca Silva (Leoas de Paraisópolis, SP)
Marcelle Souza (El Shaddai, RJ)
Thalita Costa (Delta, PI)
Temporada 2022-23

1a etapa – Dubai (Emirados Árabes Unidos) – 2 e 3 de dezembro 2022

2a etapa – Cidade do Cabo (África do Sul) – 9 a 11 de dezembro 2022

3a etapa – Hamilton (Nova Zelândia) – 21 e 22 de janeiro 2023

4a etapa – Sydney (Austrália) – 27 a 29 de janeiro 2023

5a etapa – Vancouver (Canadá) – 3 a 5 de março 2023

6a etapa – Hong Kong (China) – 31 de março a 2 de abril 2023

7a etapa – Toulouse (França) – 12 a 14 de maio 2023

Fonte: www.esporteenegocio.com.br


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário