globo esporte

Powered by WP Bannerize


Messi x Lewandowski: quem chega mais embalado ao duelo de melhores do mundo?

Os olhos do público estarão divididos entre dois nomes no estádio 974, nesta quarta-feira, a partir das 16h (de Brasília). Fora o caráter decisivo de uma partida que vale vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo, o confronto entre Argentina e Polônia colocará frente a frente Lionel Messi e Robert Lewandowski, dois dos melhores do mundo.

Ambos chegam individualmente aliviados e embalados para o confronto que encerra a participação dos dois times no Grupo C da competição. Messi voltou a ser decisivo na vitória de 2 a 0 sobre o México e colaborou para manter a Argentina viva no Mundial, enquanto Lewandowski tirou o jejum da frente e balançou as redes pela primeira vez no torneio na vitória de 2 a 0 sobre a Arábia Saudita.

Essa confiança será colocada à prova em 90 minutos, já que possivelmente um dos dois se despedirá do Mundial nesta quarta-feira. O destino dependerá também do outro jogo da chave, Arábia Saudita x México, que será disputado na mesma data e horário.

A Polônia de Lewandowski lidera a chave com quatro pontos, enquanto a Argentina aparece logo atrás com três e um gol positivo de saldo. A Arábia Saudita é a terceira, com um negativo de saldo, enquanto o México ocupa a lanterna, com um ponto.

Vivos graças a eles

Polônia e Argentina chegaram às duas primeiras colocações do grupo muito pelo desempenho individual dos dois craques, que dividiram os últimos três prêmios The Best da Fifa (dois para Lewandowski, um para Messi). Ambos somam gols e participações decisivas nas vitórias dos times.

Messi anotou dois gols no Mundial – um na derrota para a Arábia Saudita e outro diante do México, quando tirou a Argentina do sufoco e abriu caminho para a vitória. O camisa 10 ainda deu a assistência para Enzo Fernández fechar o triunfo por 2 a 0.

Já Lewandowski comemorou pela primeira vez um gol em Copa do Mundo. Depois do 0 a 0 com os mexicanos na estreia, o centroavante do Barcelona deu assistência para Zielinski abrir o placar e anotou o seu primeiro gol em um Mundial, definindo a vitória por 2 a 0.

O embalo na Copa do Mundo confirma o momento de alto nível da dupla, que, mesmo fora da “zona de conforto”, consegue fazer a diferença para as equipes em que atuam no futebol europeu.

Na segunda temporada pelo Paris Saint-Germain, Messi atuou em 19 partidas, nas quais anotou 12 gols e distribuiu 14 assistências. São números que devolveram o argentino ao grupo dos principais protagonistas do futebol mundial.

Messi pelo Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões — Foto: AFP
Messi pelo Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões — Foto: AFP

Sob a liderança de Messi, além de Mbappé e Neymar, o PSG ocupa a primeira posição do Campeonato Francês. Na Liga dos Campeões, o time passou com a segunda posição do grupo e vai enfrentar nas oitavas de final o Bayern de Munique, ex-time do polonês.

Por outro lado, Lewandowski manteve a fase goleadora nestes primeiros meses de Barcelona. São 18 gols em 19 partidas pelo clube, que lidera o Campeonato Espanhol. Na Liga dos Campeões, porém, os catalães caíram na etapa de grupos, perdendo duas vezes para o Bayern de Munique.

Lewandowski festeja gol pelo Barcelona — Foto: Enric Fontcuberta/EFE
Lewandowski festeja gol pelo Barcelona — Foto: Enric Fontcuberta/EFE

Fonte: globo esporte



O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário