Serasa

Powered by WP Bannerize


Serasa pode pagar R$ 30 mil a vítimas de vazamento de dados: Saiba se você está elegível!

Terra Brasil Notícias

Você tem consciência que pode estar apto a receber uma quantia inesperada de dinheiro proveniente da Serasa? O cenário é decorrente de uma iniciativa liderada pelo Instituto Sigilo, reconhecido como o Instituto Brasileiro de Defesa da Proteção de Dados Pessoais, Compliance e Segurança da Informação. A entidade é responsável por cadastrar vítimas de um recente vazamento de dados ocorrido na conceituada empresa privada. Entenda melhor a seguir.

O Ministério Público Federal (MPF) protocolou uma solicitação que pode beneficiar milhares de cidadãos brasileiros que foram previamente afetados por esse lamentável acontecimento. Segundo o órgão, uma indenização no valor de R$ 30 mil deverá ser concedida individualmente para cada pessoa que teve suas informações ilegalmente divulgadas.

O que saber sobre o vazamento de dados pela Serasa?

O Instituto Sigilo informou que aproximadamente 223 milhões de brasileiros foram afetados pelo ilícito compartilhamento de informações. Em resumo, a Serasa teria comercializado ilegalmente dados pessoais de usuários. Esses dados geralmente são utilizados para ofertas de empréstimos ou outras transações de crédito.

Ademais, o MPF propõe que cada cidadão impactado receba a indenização previamente mencionada, e solicita que o Serasa pague uma multa correspondente a 10% de seu lucro anual. Esta quantia deve ser estabelecida em um mínimo de R$ 200 milhões.

Qual a origem desse vazamento de dados?

De acordo com as informações fornecidas, a venda ilegal de informações pessoais ocorreu em 2021. Durante aquele período, muitos cidadãos, incluindo alguns que já faleceram, foram lesados pela comercialização de suas informações pessoais.

A Serasa teria vendido esses dados para outras empresas, e os detalhes divulgados incluíam históricos de compras, e-mails, informações sobre a Previdência Social, renda, Receita Federal e detalhes de cartões de crédito e débito.

Frisa-se, por fim, que a Serasa já foi condenada por este caso no Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Atualmente, uma nova condenação está sendo solicitada na Justiça Federal de São Paulo, além do pedido de indenização, o MPF exige que a Serasa notifique os cidadãos afetados sobre o vazamento de dados.

Fonte: www.terrabrasilnoticias.com


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário