João Felipe

Powered by WP Bannerize


Edital da Secel fomenta publicação de livros e oficinas de criação literária em Mato Grosso

Cida Rodrigues/Secel-MT

A leitura e a produção literária em Mato Grosso são fomentadas pelo edital Estevão de Mendonça de Incentivo à Literatura Mato-grossense, que foi promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT). A seleção pública contou com recursos de R$ 2 milhões e contemplou 67 projetos, entre eles para oficinas de criação literária e publicação de livros.

Um dos projetos viabilizados com recursos do edital é a Oficina de Criação Literária e Livro Eletrônico, oferecida pelo poeta mato-grossense Alexandre Rauh. Com 10 encontros gratuitos transmitidos pela internet, a oficina ajuda a transformar ideias em histórias, poesias, contos, memórias ou receitas.

Os encontros começaram no dia 3 de outubro e prosseguem até 5 de dezembro, sempre às terças-feiras das 20h às 22h. A programação inclui atividades práticas de edição para e-book e posts para redes sociais.

  • Clique aqui para fazer a inscrição
Graduado em letras e mestre em educação, Alexandre Rauh é ator, produtor cultural, criador do blog eletrônico do Circuito Universitário de Cultura e Arte da UNE, diagramador de livros, e também coautor e editor do livro eletrônico “Cozinha Poética: histórias que nutrem”, lançado em 2022.

Outro projeto que também está ajudando a inspirar talentos potenciais da literatura é o Workshop de Escrita Criativa, conduzido pelo escritor tangaraense Cristiano José Pinto. Oferecida gratuitamente nos municípios de Campo Novo do Parecis e Tangará da Serra, a oficina ensina a aprimorar habilidades literárias de escritores da região.

O primeiro encontro ocorreu em Campo Novo do Parecis, no dia 04 de novembro. O segundo encontro acontece no próximo sábado (11.11), a partir das 14h, na Biblioteca Pública Municipal de Tangará da Serra. As inscrições podem ser feitas aqui.

Cristiano José Pinto é autor dos livros “O mago Crazy” (2019), “A cólera do Santo” (2013) e “Palavras esquecidas” (2019). O escritor é também um dos representantes do segmento da Literatura no Conselho Municipal de Política Cultural de Tangará da Serra.

Além das oficinas, o edital de literatura viabilizou a publicação do livro “A Lenda da Lixeira”, escrito pela professora Nilda Ramos com ilustrações do artista plástico Adriano Ferreira. A obra será lançada na quinta-feira (09.11), às 19h, no Espaço Livre Livro, no Goiabeiras Shopping, em Cuiabá.

Em “A Lenda da Lixeira”, a escritora conta uma história de ficção com a fábula da árvore do cerrado. O enredo traz a jovem indígena Uirá, que na luta pelo direito às suas escolhas, mergulha o leitor em questões sociais e ecológicas.

Nilda publicou seu primeiro livro “Julinho o Perfumista” em 2014, e já tem previsão de lançar o próximo em 2024, cujo tema é um novo olhar sobre as queimadas.

Fonte: www.secel.mt.gov.br


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário