© Valter Campanato/Agência Brasil

Powered by WP Bannerize


Descubra 4 alimentos populares que especialistas recomendam nunca comer

Terra Brasil Notícias

Você pode pensar duas vezes na próxima vez que estiver fazendo compras no supermercado. Especialistas em segurança alimentar revelaram quatro alimentos vendidos no supermercado que eles nunca consumiriam – e alguns deles podem te surpreender.

Kali Kniel, microbiologista da Universidade de Delaware, e o Dr. Bryan Quoc Le, um químico de alimentos e consultor da indústria com sede em Washington, revelaram sua lista conjunta ao The New York Post.

1- Brotos crus

Se você gosta de adicionar coisas como brotos de alfafa e trevo como guarnição na torrada de abacate e sanduíches, pode descobrir que os riscos realmente superam os benefícios. Não é necessário evitá-los completamente, mas eles podem ser criadouros de bactérias como salmonela e E.coli, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Isso é apenas se você comê-los crus; no entanto, o CDC recomenda cozinhá-los até que estejam “bem quentes” para matar germes e reduzir o risco de intoxicação alimentar.

2- Leite cru, não pasteurizado

Se você ver leite não pasteurizado à venda no supermercado, é recomendável que você fuja – bem, mais ou menos. “Há muitas pessoas que elogiam o leite cru por ter todos esses benefícios para a saúde, mas simplesmente não vale o risco porque há muitos organismos patogênicos que ainda estão vivos no leite, especialmente se ele vem diretamente de uma instalação de processamento”, disse Le ao HuffPo. A maioria do leite vendido hoje é pasteurizada, o que significa que foi aquecido por um certo período de tempo a uma temperatura específica para garantir que qualquer bactéria prejudicial seja morta. A FDA também apoiou a ideia, pois o leite cru pode causar doenças como Salmonela, E. coli, Listeria e Campylobacter.

3- Produtos pré-cortados

Embora você possa adorar a simples conveniência de pegar um recipiente pré-cortado de frutas ou vegetais durante uma corrida ao supermercado, pode não ser tão bom para você. Os especialistas sugerem lavar o produto pré-cortado antes de comer, um sentimento que foi ecoado pelo CDC, já que pode conter bactérias. O CDC também recomendou garantir que as frutas e vegetais pré-cortados permaneçam frios e separados de carnes cruas, aves e frutos do mar que podem estar em seu carrinho de compras. Kniel também emitiu um aviso especial sobre a melancia cortada em particular, dizendo ao HuffPo que ela é “mais suscetível” à contaminação por algumas razões diferentes.

4- Restaurante self-service

Embora a comida do balcão de comida quente não seja completamente horrível, é importante prestar atenção em algumas das maneiras como ela é mantida. Todos os alimentos quentes em um balcão de comida quente do tipo self-service devem ser mantidos a 60 graus Celsius ou mais, de acordo com a FDA. Se for comida fria, ela deve ser mantida abaixo de 5 graus Celsius. Existe uma “zona de perigo” que os alimentos podem atingir se deixados à temperatura ambiente por duas horas, que ocorre entre 4 e 60 graus Celsius, de acordo com a Food Republic. As bactérias podem se multiplicar rapidamente na “zona de perigo”. “Se o sistema de aquecimento for questionável, eu evitaria o balcão de comida quente”, aconselhou Le ao HuffPo. Mas se for mantido acima da temperatura adequada, você pode comer sem preocupações, porque não pode ser contaminado. Kniel também disse ao veículo que ela sempre gosta de dar uma olhada para se certificar de que as proteções contra espirros estão no lugar no balcão e estão limpas. O mesmo vale para as pinças de servir.

Metro World

Fonte: www.terrabrasilnoticias.com



O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário