© Lucas Figueiredo/CBF/Direitos Reservados

Powered by WP Bannerize


Tamires valoriza chances ao elenco após derrota da seleção feminina

Agência Brasil

A seleção feminina de futebol encarou o Canadá em Nashville, pela segunda rodada do She Believes, torneio amistoso realizado nos Estados Unidos, com seis mudanças na equipe titular em relação à formação que venceu o Japão na estreia, por 1 a 0. O rendimento do time comandado por Pia Sundhage no último domingo (19) não foi o esperado e as brasileiras saíram de campo derrotadas pelas atuais campeões olímpicas, por 2 a 0.

Pia testou Kathellen e Lauren no miolo da defesa, além de utilizar a zagueira Tarciane na lateral direita. O trio substituiu Tainara, Rafaelle e Bruninha. Do meio para frente, a volante Júlia Bianchi e as atacantes Bia Zaneratto e Adriana deram lugar a Ary Borges, Nycole e Ludmilla. A meia Ana Vitória entrou em campo ainda no primeiro tempo, no lugar de Ary. No desenrolar do jogo, Rafaelle, Adriana, Bia, Gabi Nunes e a aniversariante Marta (que ainda está sem ritmo após 11 meses tratando uma lesão no joelho esquerdo) substituíram Tarciane, Nycole, Debinha, Ludmilla e Kerolin, respectivamente.

A lateral Tamires, que iniciou os dois jogos como titular, reconheceu que o Brasil falhou em lances de bola aérea, que resultaram nos gols da zagueira Vanessa Gilles e da atacante Evelyne Viens, um em cada tempo. A camisa 6, porém, ponderou a importância de se dar oportunidade para que todas as jogadoras estejam em campo em partidas como essa, que servem de preparação para a Copa do Mundo que será disputada este ano, na Austrália e na Nova Zelândia.

“A gente se comportou bem taticamente. Sabíamos que o Canadá era forte na bola parada. Acho que pecamos na atitude, poderíamos ter sido melhores, mais obedientes nessa questão. A derrota dói, mas estamos em um processo de trabalho. Criamos boas coisas, então vamos analisar com calma, ver o que conseguimos melhorar para o jogo com os Estados Unidos [pela terceira e última rodada do She Believes], que será fortíssimo. [Até a Copa] são cinco amistosos muito fortes para dar minutagem, bagagem e casca para a seleção alcançar o objetivo no final”, avaliou Tamires em entrevista à CBF TV.

Os jogos aos quais a lateral se refere incluem não apenas os dois já disputados na She Believes (Japão e Canadá) e a partida da próxima quarta-feira (22), a partir das 21h (horário de Brasília), com as anfitriãs, em Frisco. Na próxima Data Fifa, em abril, as brasileiras têm confirmado um confronto com a Inglaterra pela Finalíssima (duelo entre as seleções campeãs sul-americana e europeia). O adversário de uma segunda partida no período ainda será anunciado.

O Brasil ocupa o terceiro lugar do She Believes, com os mesmos três pontos do Canadá, que fica à frente no saldo. Os EUA, que bateram o Japão por 1 a 0 no domingo, lideram com seis pontos. As orientais, já sem chances de levarem o título, estão zeradas até o momento.

Edição: Fábio Lisboa

Fonte: Agência Brasil


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário