César Greco/Palmeiras

Powered by WP Bannerize


Declaração rebaixando Dudu vem à tona e torcida do Palmeiras tira sarro

portaldopalmeirense.com.br

Quando retornou do período de empréstimo do Al-Duhail, do Catar, em 2021, Dudu foi questionado por alguns colegas de imprensa. Uma das falas mais destacadas foi a de Fabio Sormani, então comentarista da ESPN, que afirmou que deixaria o ídolo palestrino no banco de reservas.

“Se eu fosse técnico do Palmeiras, Dudu ficaria no banco. Ele não joga mais do que Rony e nem mais do que Luiz Adriano. Tirando o gol decisivo na Copa do Brasil de 2015, que gol decisivo Dudu fez? Se me perguntarem o que eu quero, eu quero o Rony”, disse à época.

A declaração, obviamente, envelheceu mal e virou motivo de piada entre os torcedores palmeirenses. Aliás, normalmente quando os comentários não são a respeito de previsões e futurologia, o destino das palavras acaba sendo esse mesmo.

O camisa 7 não só voltou ao Allianz Parque como passou a ser decisivo, assim como faz desde 2015, quando começou a construir a sua história vestindo o manto palestrino.

Em seu retorno, o ‘Baixola’ foi fundamental na conquista da Libertadores, da Recopa Sul-Americana, e mais ainda nos títulos do Campeonato Paulista e do Brasileirão.

Dudu quer seguir “voando” no Palmeiras
De contrato renovado até 2025 (com possibilidade de renovação automática de mais um), o camisa 7 quer continuar em alto nível. Aos 30 anos, o atacante disputou 66 jogos na temporada passada – o atleta do elenco que mais entrou em campo -, marcou dez gols e deu treze assistências.

Somando 401 partidas, 85 gols, 95 assistências e nove títulos, o ídolo pode subir ainda mais degraus e colocar cada vez mais seu nome no topo da história do clube.

Fonte: portaldopalmeirense.com.br


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário