(Foto: Divulgação)

Powered by WP Bannerize


Ex-empresário de Fred diz que Atlético-MG não quis receber dívida do Cruzeiro

ESPORTES R7

O empresário Francis Melo, antigo agente do ex-jogador Fred, comentou sobre uma das grandes polêmicas do futebol mineiro nos últimos anos: a saída do atacante Fred do Atlético-MG direto para o Cruzeiro.

Tudo aconteceu no fim de 2017 e início de 2018. O Galo informou que não contaria mais com o futebol de Fred, que na época tinha um dos maiores salários do elenco. E liberou o atleta para conversar com outras equipes. No entanto, no acordo, menos o Cruzeiro.

Todavia, no dia seguinte à confirmação de saída, Fred assinou contrato com a Raposa. Porém, no acordo tinha uma cláusula dizia que o atacante não poderia firmar vínculo com o Cruzeiro e caso optasse por isso teria de pagar ao Galo R$ 10 milhões. Ainda dizia que Fred e seus empresários tinham que informar isso à diretoria do clube celeste em caso de negociação.

E a multa de R$ 10 milhões ainda está na justiça. Todavia, segundo Francis Melo, por causa do Atlético-MG que não quis receber.

  • O Atlético tinha uma dívida com o pessoal da WRV. Uma dívida de R$ 60 e tantos milhões. E o Cruzeiro tinha que pagar esses R$ 10 milhões. […] O Cruzeiro fez contato com a WRV e falou: ‘Eu vou pagar o Atlético, negocia aqui comigo, eu te pago em X vezes e morreu o assunto’ – iniciou Francis Melo, ex-agente de Fred, em entrevista ao Bora Pra Resenha PodCast.

Na sequência, Francis disse que insistiu com o clube e lamentou colocar o jogador no meio de uma briga de torcidas.

  • O Atlético pediu para suspender esse pagamento. Então, falamos: ‘Vocês estão querendo colocar o Fred no meio de briga de torcida? Cara, recebe, paga lá o que vocês estão devendo e fala que o Cruzeiro pagou a dívida’. Morreu o assunto. Um [time] levou o jogador, o outro [time] recebeu pelo jogador e estamos em paz. Mas não. O Atlético pediu para não receber a dívida.

Atlético-MG e Fred ainda discutem na justiça a questão referente a multa. O valor atualizado já passa da casa dos R$ 40 milhões por causa de correções monetárias e juros. A última atualização do caso foi a marcação de uma audiência de conciliação para o último 25 de novembro.

Fonte: ESPORTES R7



O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário