Da Assessoria FECOMERCIO

Powered by WP Bannerize


Cesta básica em Cuiabá registra queda na primeira semana de dezembro

Da Assessoria FECOMERCIO

A primeira semana de dezembro apresentou um pequeno recuo no indicador da cesta básica comercializada na capital mato-grossense. Segundo o Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT), que faz o levantamento dos dados, o valor da cesta básica apresentou uma queda de -1,45%, a segunda queda consecutiva. A cesta passa a custar R$ 745,75, valor que foi averiguado anteriormente somente na primeira semana de novembro.

O recuo registrado nesta semana, corresponde a redução nominal no valor de R$ 10,98 no valor da cesta básica, sendo uma diminuição no preço em 69% dos itens. Para o diretor de Pesquisa do IPF-MT e superintendente da Fecomércio, Igor Cunha, “depois de algumas semanas em alta em novembro, a diminuição apresentada é promissora na perspectiva futura, mas também favorece o consumo atual, em um período importante do ano para as famílias.”

Entre os alimentos que apresentam as maiores variações, o tomate mostra crescimento de 16,39% na comparação semanal, aumento nominal de R$ 1,22/kg. No caso da carne bovina, que na semana anterior custava em média R$ 38,90/kg, passou a custar R$ 35,40 esta semana, com recuo de 8,98% nesse período. Outro item que apresenta diminuição em seu valor é o arroz, com uma variação de -8,67% em relação a semana passada, chegando ao preço médio de R$ 4,41/kg.

“Mesmo com a alta do tomate, a maioria dos alimentos da cesta se mostram em queda, podendo levar os preços de alguns itens a patamares mais próximos dos averiguados em outubro e melhorar o poder de compra dos consumidores, como o caso do pão francês e do óleo de soja”, enfatizou o diretor do IPF-MT.

O Sistema S do Comércio, composto pela Fecomércio, Sesc, Senac e IPF em Mato Grosso, é presidido por José Wenceslau de Souza Júnior. A entidade é filiada à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que está sob o comando de José Roberto Tadros.

Fonte: Assessoria de Imprensa FECOMERCIO


Powered by WP Bannerize


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário